BOIA DA CAIXA D’ÁGUA: TIRE AQUI TODAS AS SUAS DÚVIDAS

A gente sabe que quando o assunto é obra e construção, tendemos a priorizar os serviços de elétrica e hidráulica, já que essas instalações são fundamentais para o funcionamento do ambiente e andam lado a lado com a sustentabilidade. E para evitar dor de cabeça ou retrabalho na reforma ou construção, nenhum detalhe dessas instalações pode passar despercebido, certo?

Sobre a boia da caixa d’água, por exemplo: você sabe a função exata dessa peça, que tipo de boia escolher, como regular e quando trocar? Pensando nisso, elaboramos este artigo que vai explicar tudo para você, esclarecendo todas as dúvidas e prevenindo problemas que uma má escolha ou uma má instalação de caixas d’água podem gerar. Vamos lá!

O que é a boia da caixa d’água?

A torneira de boia, popularmente conhecida como boia da caixa d’água, é um dispositivo que controla o nível de água no reservatório e garante o bom funcionamento da caixa, mantendo-a sempre cheia e sem vazamentos.

Outro dispositivo importante é o chamado “ladrão”, uma tubulação que pode ser instalada como função preventiva se ocorrer algum problema na boia. Nesse caso, o ladrão levará o excesso de água para fora do imóvel sem causar estragos ou prejuízos no local.

Para que serve e como funciona?

A boia da caixa d’água serve para fechar a entrada do reservatório quando a caixa já está cheia. Na prática, funciona assim: quando o reservatório enche, a água empurra a boia para cima ao máximo, fechando a entrada para a água que vem do cano de alimentação. Por isso é que a entrada desse cano fica sempre na parte superior da caixa d’água.

Como regular a pressão na boia?

Há duas maneiras de controlar a pressão na boia: instalar uma boia específica para alta pressão ou optar por um regulador de pressão. Manter a boia regulada é importante para evitar danos e desperdício. Por exemplo, se a caixa estiver instalada em cima do imóvel e abaixo do telhado, e ocorrer uma pressão exagerada da água que vem da rua, a boia poderá não suportar essa pressão e a água, então, transbordará.

Nesse caso, se a sua caixa já possuir uma boia de alta pressão, você não precisará se preocupar. Mas, se a sua torneira de boia for de um modelo comum, recomenda-se a instalação do regulador de pressão. Esse regulador possui uma válvula que reduz a pressão por meio de um parafuso de regulagem, facilitando o trabalho da boia e evitando estragos.

Quando e como trocar a peça?

A gente já sabe que, se a boia não estiver boa, a caixa d’água pode transbordar e molhar a casa inteira, sem falar no desperdício. Mas como trocar uma boia com defeito?

Primeiramente, para notar o problema é preciso checar o reservatório de tempos em tempos. E caso algum defeito seja encontrado, não precisa entrar em pânico, pois a instalação de uma nova boia é muito fácil de fazer. Siga o passo a passo:

  1. Feche o registro que alimenta a caixa e abra as torneiras ou dê algumas descargas para abaixar o nível da água.
  2. Desrosqueie a boia com um alicate do tipo bomba d’água, também chamado de alicate de bombeiro.
  3. Limpe a vedação antiga e passe fita veda rosca no lugar, assim como na nova boia.
  4. Rosqueie a nova boia com o alicate, lembrando que a peça deve estar sempre voltada para baixo. Pronto. É só abrir o registro novamente!

Não tem segredo! Agora que você já sabe tudo sobre boia da caixa d’água, é só conferir periodicamente a sua e, para o caso de novas instalações de boias ou reservatórios, certificar-se de que está adquirindo peças de qualidade, com marcas reconhecidas no mercado e em lojas especializadas nesse tipo de serviço.

Gostou das dicas? Então aproveite para conferir este post e aprender a limpar a caixa d’água com segurança!

artigos

Como funciona o tratamento de esgoto em BH

As águas residuais são águas utilizadas em casas, empresas, indústrias e agricultura. Também inclui qualquer água pluvial ou subterrânea que entre no sistema de esgoto.  As